5 hábitos para uma vida mais saudável e leve

Cinco hábitos simples para uma vida mais saudável e leve

Para você, o que é importante para viver com mais leveza e saúde? Eu acredito que isso, de maneira geral, tem mais a ver com nossa postura e com a tomada de alguns hábitos simples, do que com dietas e rotinas específicas. Para mim é uma questão de equilíbrio, de manter o corpo e a mente sãos, filtrando o que consumimos e o que fazemos com eles. Algumas atitudes eu considero primordiais nesse processo. São todas muito simples de aderir e se traduzem em benefícios incríveis na nossa qualidade de vida:

1. Cascas no lugar de embalagens

Uma vez eu li, não me lembro onde, que na hora de cozinhar, se descartamos mais embalagens do que cascas, alguma coisa não vai bem. A chef de cozinha Paola Carosella também disse uma vez no Twitter dela, que o segredo de comer bem é consumir coisas feitas por pessoas e não por máquinas. Claramente, o que essas duas ideias tem em comum é a crítica aos alimentos ultra processados, que lotam as prateleiras dos supermercados e a gente adora levar pra casa porque são práticos e saborosos. Então isso quer dizer que eles deveriam ser banidos da nossa alimentação para dar lugar à alimentos frescos? Em teoria, sim. Seria o ideal, em um mundo perfeito. Mas nós sabemos o quanto isso é complicado por vários motivos, então novamente vou dizer que a chave é equilíbrio. É treinar nossa mente para sair do piloto automático e buscar por opções mais saudáveis sempre que isso for possível.

cinco-habitos-simples-vida-mais-saudavel-alimentacao

Um prato colorido e fresco, ainda que simples, sempre será uma opção melhor do que qualquer refeição ou alimento processado. Imagem via Unsplash.

2. Dormir bem

A expressão sono de beleza não existe à toa. É durante o sono que nosso corpo reorganiza todas as suas funções para começar um novo dia, reforçando nossa imunidade, renovando células e desempenhando um série de outras atividades necessárias ao bom funcionamento do organismo.  Também é dormindo que processamos e armazenamos o que aprendemos durante o dia, assim, nosso humor, criatividade, atenção, memória e equilíbrio estão intimamente ligados a uma boa noite de sono. Estudos já comprovaram que uma noite mal dormida tem o mesmo efeito em nós que a ressaca. Por isso, dormir em qualidade e quantidade suficientes é uma das melhores coisas que podemos fazer pela nossa saúde!

3. Água, muita água!

Assunto batido, mas não custa repetir. Água é necessária! De dois a três litros por dia, pelo menos! Eu era uma preguiçosa nesse aspecto, e muito cética quando me diziam a mudança que água em quantidade ideal traz para a pele e os cabelos. Só quando passei a adotar o hábito que pude atestar pessoalmente a diferença que faz, não só por fora quanto por dentro. A pele fica mais viçosa, com ar mais descansado e os cabelos mais brilhosos. Sem contar os outros muitos benefícios da hidratação pro nosso corpo. O melhor jeito que eu encontrei de colocar o hábito na minha rotina foi usando um desses copos com canudo. Deixo ele sempre perto de mim e com isso beber água entrou no automático, virou costume. Dois desse pela manhã, dois à tarde e um à noite e pronto, cota de água do dia atingida!

habitos-saudaveis-copos

Copinho com canudo, meu aliado para beber bastante água: 1 – Copo com canudo retrátil de signo, na Imaginarium (tem de todos) | 2 – Copo Londres, na Uatt? | 3 – Copo Sparkly, na Renner | 4 – Copo coração, também na Renner | Copo Boas Vibes, na Imaginarium.

4. Priozirar a saúde mental e emocional

Fazer as coisas que gostamos, estar perto de quem é importante para nós, saber lidar com o stress e a ansiedade… tudo isso é importante para manter a mente sã. Sem equilíbrio mental e emocional tudo vai contra nós. Nosso corpo não funciona direito, simplesmente não conseguimos ficar bem. Por isso é tão importante cuidar da nossa mente. Fazer atividades como a meditação pode ajudar, mas o primordial é saber viver bem consigo e com o próximo. Não nos sobrecarregar, saber pedir ajuda e desfrutar das delícias que a vida nos proporciona. Equilíbrio mental e emocional é um de nossos bens mais preciosos e primordial para uma vida saudável.

5. Começar o dia leve

Isso pode ser interpretado de duas formas. A primeira, diz respeito a ter uma rotina menos turbulenta pela manhã e dar tempo ao nosso corpo e mente para despertar. Mesmo para quem acorda muito cedo e precisar sair para trabalhar em seguida, dá para começar o dia sem correrias e fazer as coisas com calma, se houver planejamento. É certo que quando nosso dia começa bem, as chances de ele continuar assim são maiores porque a gente não fica com aquela sensação de ansiedade deixada pela pressa e pelo turbilhão de informações que consumimos antes das 8h da manhã. Uma outra forma de pensar esse hábito é lembrar que cada dia é uma nova chance de fazer as coisas acontecerem como nós queremos e incorporar essa positividade. Uma vez li uma frase no Pinterest que não podia ser mais verdade: “não se deve arruinar um bom hoje por causa de um ontem ruim.”  Faz sentido, não faz?

E vocês, o que gostam de fazer pra viver com mais leveza e de forma mais saudável? Tem alguma dica ou hábito especial? Contem pra mim!

18 Comentários

Minimalismo em atitudes simples

Minimalismo diário

minimalismo-atitudes-simples

Pausa para um café e um livro, via Stocksnap.

Outro dia eu li uma definição perfeita que dizia que o minimalismo não é a falta de coisas, mas a quantidade perfeita delas. Como estilo de vida e estado mental, a função maior do minimalismo, para mim, é tornar a vida mais simples, ensinar sobre prioridades e incentivar a apreciar o hoje. Quer dizer que simplificar agora pode ser a chave para uma vida descomplicada amanhã. Algumas pequenas ações, a meu ver, são preciosas nesse processo:

1. Cancelar

Newsletters nunca lemos, e-mails de marketing e anúncios, feeds que não acompanhamos, amizades virtuais que não acrescentam (ou acrescentam para o mal), e tudo aquilo que só entra na nossa vida para acumular, distrair e roubar tempo.

2. Não comprar

Racionalizar o ato de comprar e tirar esse comportamento do automático traz um efeito em cascata para o bem. Comprar menos resulta em menos gasto, em menos tranqueira em casa e, consequentemente, em menos tempo perdido para destralhar. E não falo só de compras grandes, como roupas ou itens utilitários, mas daquele chiclete depois do almoço, aquela tranqueirinha desnecessária no shopping e outras coisas que a gente compra e muitas vezes nem vê.

3. Desconectar

A internet nos deixa ansiosas. Notificações nos deixam ansiosas. Vivemos tão cercadas de estímulos o tempo todo, que tirar um momento do dia para simplesmente relaxar, sem nenhuma distração nem nada para pensar, é tão benéfico quanto necessário. Desligar definitivamente as notificações pode parecer radical para alguns, mas reduz aquela sensação de estar sempre esperando alguma coisa acontecer e a angústia porque não acontece.

Nada muito complicado, afinal, não faria sentido nenhum se fosse, né?

18 Comentários

Dia dos namorados em casa

dia-dos-namorados-em-casa

 

1 – Café da manha caprichado na cama. No Coisas de Diva tem 10 receitas bem fáceis e saborosas, link aqui.

2 – Ouvir suas músicas preferidas juntos.

3 – Uma maratona de filmes ou séries (ou os dois) regada a comidinhas.

4 – Tomar um bom vinho e bater papo.

5 – Noite de pizza em casa. Só comprar as massas pré-assadas e usar a criatividade nos recheios!

6 – Ficar juntinho.

Para quem vai passar o dia dos namorados curtindo alguém ou se curtindo. Percebem que envolve muita comida e praticamente não precisa sair da cama rsrs ?

Alguém aí tem mais ideias para aproveitar o dia dos namorados em casa?

4 Comentários